Lágrimas de Etheria

Introdução - Tensão em Etheria

O mundo de Etheria vive dias tensos. Erudhir, um alto-elfo nativo de Lunarion e ex-membro da ordem élfica conhecida como a Casa dos Mortos alertou os elfos da ameaça que os mortos-vivos, criações do temido Lorde Bane, representam. Apreensivos com a perspectiva de um novo ataque por parte de Bane, os elfos enviam uma comitiva às terras de Agaria, lar dos cavaleiros, aliados ocasionais dos elfos. A pedido dos reis élficos, Erudhir aceitou acompanhar a comitiva como um observador. Agora ele aguarda na cidade de Marthos, atento a qualquer sinal da presença de Bane e seus agentes na região.

Byrin, um anão nativo da cidadela de Khaz-Agar, lar ancestral dos anões nas Montanhas Brancas, foi recentemente aceito no exército de Siria. Uma honra raramente concedida aos anões, a presença de Byrin no exército foi facilitada pelo fato de ele ser filho de Vikarinnim Thulmaer, um ferreiro anão que supre o exército com armas e armaduras há décadas. Servindo sob o comando do capitão Gasco, Byrin recebe sua primeira missão real: investigar as origens da praga que se espalha por Agaria. Acompanhados de membros da comitiva élfica, Byrin e Gasco partem rumo à vila de Ossington, uma das últimas a serem devastadas pela praga.

Nativo da metrópole de Enmount ao oeste de Agaria, Jack viaja por Etheria em busca de riquezas. Um aproveitador e enganador nato, ele tem o dom de se livrar de enrascadas com uma língua afiada e reflexos rápidos. Com um gosto por “adquirir” os bens de outros sem que eles percebam, Jack vai de cidade em cidade, sempre procurando por oportunidades para alguém com seus talentos especiais. Foi isso que o levou à Siria, onde ele buscava lucrar com a vinda de refugiados das vilas afetadas pela praga que se espalha por Agaria.

View

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.